mucocele.jpeg

Mucocele Oral: O que é isso

A mucocele é uma lesão benigna da boca que parece uma “bolha” com conteúdo líquido. Normalmente surge na mucosa do lábio inferior, mas pode também aparecer em outras localizações como no lábio superior, mucosa jugal (parte interna da bochecha), palato (arco ao lado da campainha), região retromolar e ventre de língua (parte de baixo). 
 

Por vezes pode ser pequena, com 1 a 2 milímetros, determinando apenas um leve incômodo. Outras, no entanto, podem atingir centímetros e levar a dificuldade de mastigação e fechamento da boca, fora a questão estética.
 

O aparecimento da mucocele ocorre após algum machucado nas glândulas salivares menores, por isso é mais frequente no lábio inferior, local comum de “mordidas”.  Ocorre, com o trauma, lesão do ducto salivar e sua obstrução o que leva ao acúmulo de muco e formação da bolha.
A queixa do paciente normalmente é “Doutor, eu tenho uma bolinha na boca, mordo, ela estoura, mas alguns dias depois ela aparece de novo no mesmo lugar”. Uma vez formada, ela não desaparece espontaneamente e requer intervenção do otorrinolaringologista.


O diagnóstico é essencialmente clínico e se baseia na história e no exame físico. Ambos são bastante característicos. Os exames complementares, como tomografia computadorizada ou biópsia, são reservados para quando temos alguma dúvida ou quando as lesões são muito extensas e requerem planejamento para uma intervenção mais ampla, o que é muito raro.
 

O tratamento é cirúrgico e requer retirada completa da lesão para que não se forme novamente. O procedimento, é realizado com o paciente acordado sob anestesia local. A dor é bem tolerada e apenas relacionada à aplicação do anestésico, que causa uma leve ardência transitória, semelhante a anestesia de dentista. Na maioria das vezes fechamos com alguns pontos, que caem sozinhos, não sendo necessário retirá-los.
 

As complicações dessa cirurgia são raras e quando ocorrem são relacionadas a alguma pequena infecção local facilmente tratável com melhora da higiene oral ou com uso de antibióticos.
Tendo em vista que é uma lesão que aparece por um trauma ou machucado, é importante ressaltar que mesmo após operada pode aparecer em outros locais, e até mesmo no mesmo local onde foi realizada a abordagem, principalmente se o paciente continuar com o hábito de morder o lábio ou se apresentar alguma falha dentária que continue a produzir esses traumas.

 

Sendo assim, é fundamental procurar o seu otorrinolaringologista para que possamos conversar sobre a doença, os fatores desencadeantes, bem como identificar possíveis alterações anatômicas ou comportamentais que estejam predispondo o aparecimento do problema.

AUTOR

Dra. Amanda Andre Monteiro

OTORRINOLARINGOLOGISTA COM FOCO EM ESTOMATOLOGIA, CIRURGIA CRÂNIO-FACIAL E ESTÉTICA FACIAL.