top of page

Você Sabia?



🦴 Dentro da nossa caixa timpânica, atrás da membrana do timpano, temos três ossículos chamados: martelo, bigorna e estribo. Em conjunto eles formam a cadeia ossicular e são responsáveis por transmitir as vibrações sonoras captadas pela membrana timpânica até ouvido interno, onde as informações sonoras são convertidas em impulsos nervosos que são enviados ao cérebro para a percepção auditiva.


Os três ossículos do ouvido médio são:


1️⃣ Martelo: O martelo é o primeiro ossículo de fora para dentro. Ele está preso na membrana do tímpano em sua extremidade mais longa e delgada, chamado manúbrio ou cabo do martelo. A extremidade redonda e larga é chamada de cabeça do martelo e se articula com a bigorna. Quando a membrana vibra, o cabo do martelo que está preso a ela vibra junto, fazendo com que a sua cabeça movimente a bigorna.


2️⃣ Bigorna: A bigorna é o segundo ossículo e recebe as vibrações sonoras do martelo e transmite essa vibração pelo seu ramo longo que está conectado ao estribo. Devido a sua posição espacial em relação ao martelo e ao estribo, a bigorna otimiza a transmissão da energia sonora através de um efeito alavanca. Imagine a bigorna como uma gangorra, onde o martelo senta de um lado e o estribo do outro. No entanto o ponto de apoio está próximo a sua articulação com o martelo. Sendo assim, os pequenos movimentos ou vibrações vindas nesse lado da gangorra determinam maior amplitude de movimento do ramo longo e amplificação da energia sonora em direção ao estribo.


3️⃣ Estribo : O estribo é o menor ossículo do corpo humano, e sua extremidade mais delgada se articula perpendicularmente com o ramo longo da bigorna. Sua extremidade mais larga, a base, está presa à janela oval, apoiada como um pistão sobre uma outra membrana bem pequena com cerca de 3,2mm. A diferença de tamanho entre essa membrana da cóclea e a membrana timpânica é de 17 vezes. Como pressão é igual a força dividida pela área, tendo em vista que a cadeia ossicular preservou a força de energia cinética sonora oriunda na membrana, há um aumento da pressão sonora efetiva na base do estribo garantindo mais uma vez um aproveitamento da energia sonora.


Visto isso, percebemos como os ossículos do ouvido médio desempenham um papel fundamental na amplificação das vibrações sonoras e sua transmissão eficiente a partir do tímpano até o ouvido interno. Estima-se que sem a cadeia ossicular haveria em torno de 30 dB de perda de energia sonora. Quando assistimos TV colocamos um volume em torno de 60dB, imagine reduzir o volume da sua TV pela metade e você verá o quanto faz falta esse volume.


⚠️ É importante ressaltar que a função dos ossículos do ouvido médio para a audição é uma das coisas que pode ser prejudicada por infecções, mal formações, doenças auto-imunes ou ainda tumores, determinando perdas auditivas. Em alguns casos, esse mal funcionamento pode ser restaurado total ou parcialmente, através de cirurgias de reconstrução, garantido com isso um recuperação da audição.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Cerume

Comments


bottom of page